domingo, 7 de agosto de 2016

Cryptanthus fosterianus - Bromélia


Há mais de 3.000 espécies na família das Bromeliáceas, sem falar das que são híbridos.
Conheci essa espécie através de um amigo, quando trabalhava no Condomínio na Barra da Tijuca.
Uma bromélia com folhas de cor marrom,com faixas escuras e claras, bordas serrilhadas e espinhosa que gosta de ficar na sombra clara e quente.
Originária do Brasil, pertence a família Bromeliaceae, planta epífita, (são as que vivem sobre outras plantas, sem retirar nutrientes delas, mas apenas se apoiando nelas).
Ela gosta de raízes molhadas de forma bastante moderada, o mais importante é  manter sempre o tanque central com água.
Como todas as Bromélias, nunca plante só com terra, coloque sempre uma boa camada de cacos de telha, ou pedriscos,ou areia, ou pedaços de madeiras, ou fibra de coco na terra.
Florescem somente uma vez durante seu tempo de vida. Após a floração, a planta geralmente desenvolve brotação de novas mudas que substituirá a planta que irá morrer