sexta-feira, 1 de julho de 2016

Vedélia (Sphagneticola trilobata)

Vedélia, haaa Vedélia!, uma planta injustamente desprezada por muitos jardineiros,
que não dão valor a essa linda margaridinha de flores amarelas.
Não é valorizada pelo simples fato de ser intrujona, nasce por acaso no meio do jardim, como se fosse mato,
então é arrancada e jogada fora.
Já vi muitos lugares precisando de forração, jardins com buracos, com a terra a mostra, tendo
perto a vedélia.
Se eu fosse o jardineiro dalí, tirava alguns galhos dela e replantava onde precisava, (multiplica-se fácil,por divisão de ramagens).
Agora, imagine um campo coberto por Vedélia, um mar de flores amarela, não seria uma maravilha?
Uma planta de meia sombra ou sol pleno, quanto mais sol , mais florescerá e consequentemente, mais regas. Forração que floresce o ano todo, é muito requisitada para proteger taludes e barrancos.
Planta forte, guerreira que gosta de solo fértil e úmido.
Nessa foto aqui em baixo, ela nasceu no meio da Trapoeraba-roxa (Tradescantia zebrina), brevemente falarei dela.

Nome Científico:  Sphagneticola trilobata
Nomes Populares: Vedélia, Mal-me-quer
Família: Asteraceae
Categoria: Forração
Clima: Equatorial, Oceânico, Subtropical, Tropical
Origem: América do Sul, Brasil
Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
Siclo de Vida: Perene